Vivo promete a Léo de Brito ampliar e modernizar seus serviços no Acre

O gerente institucional da Vivo, Eduardo Leal Macedo, informou ontem ao deputado Leo de Brito que a empresa está empreendendo esforços para ampliar e modernizar sua rede de serviços em todo o Acre, abrangendo inclusive comunidades rurais próximas as cidades do estado.

“A Telefônica/Vivo vem desenvolvendo continuamente esforços para ampliar e modernizar sua rede de serviços e esperamos expandir nossos serviços nesta região”, disse o gerente Eduardo Macedo, que esteve em audiência no gabinete do deputado acompanhado da consultora regional de Relações Institucionais da empresa, Alessandra Lugato.

O deputado fez gestão junto a empresa Vivo para que fossem incluídas em seu plano de expansão as comunidades de Vila Caquetá, na estrada de Rio Branco e Porto Acre, e na Vila Piá, no km 52 da BR-317, entre Rio Branco e Boca do Acre.

O gerente explicou que, em se tratando de área rural, o atendimento das operadoras de celular e de internet não é obrigatório, conforme disciplina o item 4.12.7 do Edital 002/2007, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que autorizou o uso de radiofrequências e impôs às empresas autorizatárias compromissos de abrangência.

Ele explicou, ainda, que a licitação mais recente, do edital “4G/450MHz-rural”, pode ter contemplado o atendimento às duas localidades referidas pelo deputado, bem como em outras áreas rurais do estado, sendo que esse compromisso foi assumido por outra empresa prestadora de serviço de telefonia móvel e não pela Vivo.

Eduardo Legal informou ao deputado que a Telefônica Vivo cobre hoje 17 municípios do Acre, onde residem aproximadamente 78% da população acreana. Dos 17 municípios, cinco já possuem a tecnologia 3G, que atende aos serviços de voz e permite o acesso à internet banda larga móvel, com a empresa atendendo, com isso, seus compromissos com a Anatel.

Romerito Aquino