MPAC investiga morte de posseiro em Xapuri

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, se reuniu no final da tarde desta segunda-feira, 23, com os deputados estadual e federal, Daniel Zen e Leo de Brito, que vieram pedir a atuação do MPAC na investigação da morte de um posseiro histórico da cidade de Xapuri, ocorrida no último fim de semana.

Na reunião se fizeram presentes, a corregedora-geral do MPAC, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, o procurador de Justiça Sammy Barbosa Lopes e o promotor de Justiça, Vinícius Menandro Evangelista. O advogado da família do posseiro, Gumercindo Rodrigues e um representante da Secretaria de Articulação Institucional do Governo do Estado, José Barbosa, também participaram da agenda.

Os parlamentares pedem que o MP do Acre averigue se o fato criminoso está relacionado a conflitos agrários, constantes naquela área, ou, se tem relação com desavenças familiares, conforme se especula na comunidade. Oswaldo D’Albuquerque relatou que o MPAC, por meio da Promotoria Especializada de Conflitos Agrários e em conjunto com a Promotoria de Justiça de Xapuri, já está acompanhando o caso.

“O Ministério Público está firmemente presente no acompanhamento de toda a investigação desde a instauração do inquérito à realização de todas as perícias, inclusive, no local do evento criminoso”, afirmou o procurador-geral.
Daniel Zen contou que informações preliminares apontam que se trata de um crime envolvendo desavenças familiares, mas pelo fato de o posseiro estar envolvido diretamente em questões de pré-conflitos de terras, existe a preocupação de que haja outra motivação para o assassinato.

“Então nossa vinda ao MPAC é para transmitir esse ponto de vista para que o MP, assim como tem atuado desde sempre de modo enérgico, nos ajude a avançar na resolução desse caso”, destacou o parlamentar.
Em nome da Câmara Federal, o deputado Leo de Brito agradeceu o empenho sempre constante do Ministério Público acreano.

“O MPAC tem cumprido um papel muito importante no Acre há muito tempo, estando sempre presente nessas situações combatendo toda forma de criminalidade. Em nome da Câmara Federal a gente faz esse reconhecimento e esse agradecimento ao órgão. vamos unir esforços para que esta situação seja solucionada para que não reste nenhum tipo de dúvida”, afirmou o parlamentar.

fonte: Agencia de Noticias do MPAC