Leo de Brito garante R$ 500 mil em investimentos para a Universidade Federal do Acre

Na intenção de promover e melhorar a qualidade do ensino oferecido na Universidade Federal do Acre (Ufac), o deputado federal Leo de Brito liberou R$ 500 mil, em Emenda Parlamentar, para realização do curso de Mestrado Interinstitucional em Direito (Minter). Além de docentes do curso de direito da Ufac, servidores técnico administrativos da instituição também compõem a primeira turma, além de servidores do judiciário.

O curso, que teve início em outubro do ano passado, é realizado no estado do Acre em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), instituição referência na pasta de direito em todo o país.

A Fundação Capes, do Ministério da Educação, instituição que recomenda e reconhece se os cursos de mestrado e doutorado podem ser realizados, não financia a realização dos mesmos. A Capes exige que a universidade interessada em ofertar o mestrado, arque com os custos, ou que eles sejam arrecadados via emenda parlamentar.

“O apoio à universidade é uma das bandeiras fortes do meu mandato por ser professor da Ufac. Este é um compromisso além de político, moral. A utilização das emendas nesse processo é fundamental e por isso a destinação, para que os professore melhorem sua titulação, o que representa também um ganho importante para os futuros profissionais do direito”, declarou Leo.

Para o reitor da Ufac, Minoru Kimpara, a parceria com o parlamentar foi decisiva para que futuramente a Ufac possa oferecer a pós-graduação e demais titulações. “Quem ganha é a comunidade acadêmica. Nossa intenção é que depois do mestrado, possamos firmar parceria para oferecer o doutorado, estimular nossos docentes a terem uma produção acadêmica significativa para que então tenhamos as condições necessárias de criar o nosso próprio curso de pós-graduação e outras titulações. E o deputado Leo de Brito já firmou esse compromisso conosco”, afirma.

Da Assessoria