Leo de Brito e Moisés Diniz solicitam aquisição de aparelho que soluciona problemas de pouso em Cruzeiro do Sul

Quando o tempo fecha no Vale do Juruá a população já receia a possível alteração nos voôs que chegam no Aeroporto de Cruzeiro do Sul. A administradora Graciela Sales conta que o retorno de voôs para cidades próximas como Rio Branco ou Manaus já é uma constante.

“Sempre que chove muito ou fica aquela neblina forte a gente já sabe que, o voô programado para chegar em Cruzeiro, tem grandes chances de não posar. Nos últimos dez dias isso já aconteceu duas vezes no mínimo. É um transtorno para os passageiros, especialmente para os que estão viajando a trabalho ou pro problemas de saúde”, relatou.

Pensando nisso os deputados federais Leo de Brito e Moisés Diniz fizeram uma indicação junto ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil solicitando que seja encaminhado à Empresa Brasileira da Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) um pedido de instalão do Sistema de Pouso por Instrumentos, no Aeroporto de Cruzeiro do Sul.

O aparelho ISL, cuja a sigla significa Instument Landing System, tem a função de orientar precisamente o avião que esteja na fase de aproximação final de uma determinada pista. Para Leo de Brito o equipamento é indispensável.

“Precisamos lembrar que o Aeroporto de Cruzeiro atende passageiros dos demais municipios do Juruá e recebe voôs diários de Rio Branco e Brasilia, por isso é etremanete importante que esse aparelho seja adquirido a fim de resolver as constantes intercorrências de pouso”, explicou.