Leo de Brito comemora aprovação de verba de U$ 150 milhões ao Acre

O deputado federal Leo de Brito comemorou em seu discurso na Câmara nesta quarta-feira (9) a aprovação pelo Senado Federal de U$ 150 milhões a serem liberados para o Estado do Acre. Os recursos serão concedidos através do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e utilizados para o financiamento do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica (PROSER), em ações de saneamento básico e rede água nos municípios mais isolados do Acre.

“Nos últimos anos, o Governo do Acre já investiu mais de R$ 1,4 bilhão em ações que possibilitarão, em um futuro próximo, a universalização dos serviços de abastecimento de água potável, coleta de esgoto e de pavimentação em todas as ruas dos 22 municípios do Acre. Para se ter uma ideia da importância deste tema, a FUNASA estima que a cada R$ 1 investido em saneamento, R$ 4 são economizados em saúde”, ressaltou o parlamentar.

Leo de Brito também mencionou a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como lema ‘‘Casa Comum, nossa responsabilidade’’ e visa chamar a atenção para a questão do Saneamento no Brasil e a sua importância para garantir o desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida para todos.

Ainda para o deputado, estes recursos serão de grande valia, uma vez que permitirão investimentos ampliados em uma área de extrema prioridade para o governo do Acre. Ressaltando o esforço do relator da matéria, senador Jorge Viana, bem como do governador Tião Viana, em um período em que, segundo Leo, muitos estados da federação sequer conseguem pagar o salário de seus servidores.

“O governador Tião Viana vem fazendo uma gestão enxuta e coerente da máquina pública, sem deixar de garantir os investimentos necessários para que o Acre continue no rumo certo do desenvolvimento. A autorização deste empréstimo representa o esforço diário da base aliada do governo do Acre na Aleac e no Congresso na luta por novos investimentos para o estado. Deixo meu abraço ao Senador Jorge Viana, relator da matéria no Senado, pelo esforço nessa conquista”, finalizou.