Leo confere resultado dos investimentos na produção agrícola

O setor produtivo, da região do Alto Acre tem sido uma das grandes apostas do governo do Estado para driblar a crise, com fomento a políticas públicas inclusivas que vão da capacitação ao subsidio dos produtos. A criatividade e força de vontade dos produtores rurais têm feito a diferença no desenvolvimento econômico da região.  Cadeias produtivas como a piscicultura, o mel e o milho estão compondo a cesta de produtos da agricultura familiar que vem incrementando a renda dessas famílias e lhes proporcionando mais qualidade de vida.

No último final de semana, o deputado federal, Leo de Brito (PT) visitou quatro comunidades rurais do Alto Acre, em Brasileia e Epitaciolândia, com o objetivo de dialogar com as famílias da agricultura familiar e ver de perto os resultados dos investimentos alocados, pelo seu mandato, na região.

“Nosso mandato disponibilizou meio milhão de reais para aquisição de equipamentos e insumos agrícolas para os produtores do Alto Acre. Nós estamos somando com esse trabalho tanto com a emenda que fizemos de meio milhão de reais, para aquisição de maquinário, para ajudar os escritórios da Seaprof na região, como também com o trabalho que estamos fazendo para fortalecer a industrialização”, declarou o deputado.

No projeto de assentamento Porto Carlos, o produtor Alvaro Monteiro destacou a importância de ter um parlamentar ajudando a fortalecer as políticas públicas de governo. “Conheci muitas pessoas nesses cargos e poucos são aqueles que querem  estar participando diretamente da vida da comunidade, das nossas atividades, vendo o dia a dia do trabalhador rural, vendo como é a nossa luta”, disse.

“Essa parceria nos ajuda a sanar as reinvindicações das comunidades. Andando nas propriedades com a gente e conversando com os produtores ele pode ver como está a realidade dessas famílias e potencializar as políticas que já existem e também investir em outras ações que vão incrementar ainda mais a renda familiar dessas pessoas”, ressaltou o titular da Seaprof, Glenilson Figueiredo.