Caminhada e entrega de mudas marcam o Dia Mundial da Água no Acre

Nesta quinta-feira, 22, celebra-se o Dia Mundial da Água. A data foi criada em 1992 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e visa ampliar a discussão sobre esse tema e recurso essencial para a vida no planeta.

Para comemorar e estimular a reflexão social sobre a conservação dos mananciais, o governo do Estado, por meio do gabinete da vice-governadora Nazareth Araújo, secretarias de Meio Ambiente (Sema), Educação (SEE) e Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), em parceria com a Universidade Federal do Acre (Ufac) e Iniciativa MAP, realiza nesta quinta-feira, 22, uma caminhada de conscientização, com distribuição de mudas.

A concentração está marcada para as 15 horas, na Praça da Revolução. A caminhada se inicia na praça, segue pela  a ponte metálica, retornando pela segunda ponte, sendo finalizado no local de partida, onde serão entregues as mudas – frutíferas e florestais – ao público presente.

No Acre, a gestão dos recursos hídricos é política de governo, executada pela Sema. Em 2012, o Estado publicou o Plano Estadual de Recursos Hídricos – instrumento de gerenciamento e planejamento, que reúne ações, programas e projetos voltados para o uso racional, consciente e preservação, pautados na proposta de desenvolvimento sustentável do governo.

“O Acre tambémfeito o seu dever de casa e o nosso plano é um dos nossos principais instrumentos de gestão. Temos várias ações em andamento e pretendemos avançar muito mais”, explica o secretário de Meio Ambiente, Edegard de Deus

Essencial para vida, a água é reconhecida como um direito humano. Mas, devido à má gestão dos recursos hídricos e poluição, estima-se que 20% da população mundial não tenha acesso à água limpa. Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), 1.400 crianças, abaixo de cinco anos, morrem diariamente em decorrência da falta de água potável, saneamento básico e higiene.

 Maria Meirelles, Agência Notícias do Acre