Leo de Brito quer esclarecer fala alusiva à intervenção militar

O deputado Leo de Brito (PT-AC) apresentou requerimento na Comissão de Fiscalização Financeira da Câmara para a convocação do Ministro da Defesa, Raul Jugmmann, para que preste esclarecimentos em relação à afirmação do General do Exército, Antonio Hamilton Martins Mourão, sobre a possibilidade de intervenção militar no país.

No último dia 15, em palestra realizada na Loja Maçônica Grande Oriente, em Brasília, após a notícia da segunda denúncia contra o Presidente Michel Temer por participação em organização criminosa e obstrução de justiça, o General Mourão teria afirmado: “Ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso”, justificando que “desde o começo da crise o nosso comandante definiu um tripé para a atuação do Exército: legalidade, legitimidade e que o Exército não seja um fator de instabilidade”.

Na sua justificativa, o deputado Leo de Brito afirma que, “tendo em vista que as declarações originam-se de um Comandante do Exército brasileiro, posto de alta hierarquia e relevância na tomada de decisão, faz-se necessário que o Ministro da Defesa (autoridade hierarquicamente superiora) informe a este parlamento as circunstâncias deste posicionamento que afeta a ruptura democrática”.

PT na Câmara

Rio Branco é uma das primeiras capitais do país a implantar o motocímetros

O Sindicato dos Taxistas e Condutores Autônomos de Rio Branco (Sintcac), em parceria com a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e a Prefeitura de Rio Branco, realizaram a entrega oficial dos motocímetros que irão regularizar o custo em viagens de mototáxis.
Os dispositivos instalados são parte de um projeto de lei do deputado Federal Léo de Brito, que também esteve no evento e falou da importância do serviço e a segurança no preço considerado pela classe.
“Vi que essa atualização beneficia não apenas os mototaxistas, mas também a clientela que precisa pagar um preço justo. A luta de trazer os motocímetros para o Acre foi intensa”, disse.
O motocímetro deve, de acordo com a legislação, funcionar em cidades com mais de 40 mil habitantes, muito embora, a consolidação do aplicativo ainda é sistemática e deve chegar a outros lugares do Brasil até julho de 2018, é o que afirma o parlamentar. Brito disse ainda que certamente os valores irão ser ajustados, a partir da utilização do método de cálculo.
Além do lançamento do produto, o presidente do Sintcac, Esperidião Teixeira, mostrou o novo aplicativo para smartphones, que facilitará a comunicação entre a pessoa que deseja fazer uma viagem e o motorista profissional, mostrando preços e rotas específicas.
“Avançando é que seguimos. Em breve, ofereceremos um serviço digital completo, com eficiência e qualidade”, comentou.
O prefeito da cidade de Rio Branco, Marcus Alexandre, o vereador Rodrigo Forneck e a vereadora Elzinha Mendonça também estiveram no lançamento e citaram as implicações técnicas da inovação tecnológica.
“A cidade de Rio Branco ganha muito com essa possibilidade criativa e passa a ter um bom reconhecimento no âmbito do turismo, lazer e etc”, concluiu Alexandre.

Leo de Brito visita bairros em Rio Branco

No último fim de semana o deputado federal, Leo Brito, cumpriu agenda realizando visitas em alguns bairros da capital do estado. No conjunto Mascarenhas de Moraes juntamente com o professor Afrânio, secretário municipal de esporte, por meio de uma emenda parlamentar está sendo realizado a reforma da praça. “Conversei com os moradores e percebi a importância social e o carinho que eles têm pela praça e como acompanham sua obra de reforma”, disse o parlamentar.
No bairro da Bahia Velha Leo de Brito visitou a associação dos moradores e pode conhecer alguns trabalhos ali desenvolvidos, em sua maioria relacionado a dança. O deputado deseja destinar emenda para construção de uma academia popular no bairro a fim de beneficiar a população. No conjunto Adalberto Sena tive um bom bate papo com a galera do time do bairro. É muito bom ver exemplos onde o esporte mobiliza a comunidade e dá uma nova opção para juventude.
No bairro Apolônio Sales, Leo de Brito pode acompanhar o andamento das obras de construção da praça do bairro que vai conter uma quadra poliesportiva e uma academia popular.

PT vota contra, mas base do governo aprova parcelamento de dívidas de bancos e empresas

Apesar do intenso trabalho de obstrução da Bancada do PT e dos partidos de oposição, a base aliada do governo Temer na Câmara conseguiu aprovar na noite desta terça-feira (12) o texto principal do substitutivo da medida provisória (MP 780/2017) que institui o Programa de Regularização de Débitos não Tributários junto às autarquias e fundações públicas federais e à Procuradoria-Geral Federal. Segundo os parlamentares petistas, a ação beneficia principalmente as instituições financeiras ao parcelar dívidas de instituições financeiras.

Entre outros pontos a medida do governo parcela dívidas e multas de bancos, de empresas do setor de seguros privados e de devastadores do meio ambiente, junto a órgãos do governo federal, entre eles o INSS, Previdência Social, Ibama e o Banco Central. Pela proposta, o parcelamento da dívida pode chegar a até 20 anos. Os destaques ao substitutivo deverão ser votados em sessão a ser marcada.

“Para os banqueiros tudo, para o povo nada. Esse é o governo Temer, que aumenta os combustíveis para a população e ao mesmo tempo faz um Refis para salvar o setor financeiro que financiou o golpe”, disse o deputado Leo de Brito (PT-AC) durante discurso pela liderança do partido.

Durante a votação o PT e os demais partidos de oposição utilizaram o chamado kit obstrução, composto pela apresentação de sucessivos requerimentos de adiamento de votação, de votação de artigo por artigo e de votação nominal- para tentar impedir a aprovação da MP. Em nome da Liderança da Minoria, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) disse que essa obstrução era um protesto contra “o presente dado com uma mão pelo governo Temer ao sistema financeiro, enquanto com a outra se retira direitos do povo brasileiro, como no caso da reforma trabalhista e da Reforma da Previdência”.

Na mesma linha, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) lembrou que a justificativa do governo para votar a MP- de que é preciso aprovar a regularização de débitos para reforçar o caixa do governo- não condiz com as sucessivas anistias dadas a alguns setores que dispõe de total condições para saldar suas dívidas junto ao governo federal.

“O governo não satisfeito com a anistia dos latifundiários no Funrural e o Refis das empresas, apresenta essa MP que estabelece um pacote de bondades para favorecer principalmente o sistema financeiro, que já apresentou no primeiro semestre lucros bilionários, mesmo com o país em crise”, observou.

Marcus Alexandre autoriza construção da nova URAP do São Francisco

O prefeito Marcus Alexandre assinou nesta sexta-feira, 8, a ordem de serviço para o início da construção da 28ª unidade de saúde em Rio Branco, que será a nova Unidade de Referência de Atenção Primária (URAP) do São Francisco, que será erguida na esquina da Rua Vertente com a Rua do Divisor, no bairro Vitória. A URAP atual funciona na Rua Joaquim Macêdo, no bairro São Francisco.
Estiveram presentes o deputado federal Léo de Brito, os deputados estaduais Doutora Juliana e Heitor Júnior, os vereadores Manuel Marcos (presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco); Rodrigo Forneck, Railson Correa e Juruna e a ex-deputado federal, Perpétua Almeida, autora da emenda que possibilitará a obra. Também estiveram presentes lideranças comunitárias como o presidente da União Municipal das Associações de Moradores de Rio Branco (UMAMRB), Gilson Albuquerque; a vice-presidente da Federação das Associações de Moradores do Acre (FAMAC), Djê; além de presidentes de bairros de diferentes regionais de Rio Branco.
Os recursos para a nova URAP São Francisco foram possibilitados através de emenda da ex-deputada federal Perpétua Almeida. Serão investidos R$1.059.352,92, sendo R$773.000,00 em verba proveniente do Sistema Único de Saúde (SUS) e R$286.352,92 de contrapartida da Prefeitura de Rio Branco. A empresa contratada é a Apurinã Eireli, que venceu a concorrência pública para realizar a obra que terá área de intervenção de 582,25 metros quadrados. A determinação do prefeito Marcus Alexandre é que a intervenção física seja concluída até o fim do ano. No começo de 2018 inicia-se a instalação do mobiliário e equipamento. “É uma honra e um prazer ver esta obra surgir em nosso bairro. Estamos muito gratos ao prefeito Marcus Alexandre”, disse Luzia Oliveira, que também é coordenadora do módulo de Saúde da Família no Eldorado.
Essa nova URAP, de acordo com a presidente da Associação de Moradores do Bairro Eldorado, Luzia Oliveira, atenderá moradores de 27 bairros da Regional do São Francisco, cerca de 11 mil pessoas mensalmente. No novo endereço a Unidade será ampliada, portanto com maior capacidade de atendimento. “Já enfrentamos muitos desafios e há muito o que fazer. Por isso, teremos uma grande festa para entregar esta unidade”, garantiu o prefeito.
Rio Branco conta com cinco URAPS, sendo elas: do São Francisco; Roney Meireles, no Adalberto Sena; Rosângela Pimentel, no Calafate; Cláudia Vitorino, no Taquari, e Hidalgo de Lima, na Baixada. O deputado Léo de Brito, grande apoiador do trabalho da Prefeitura de Rio Branco, disponibilizou emendas de custeio e obras que chegam a R$4,1 milhões. “Posso afirmar que este é um dia especial para todos nós. Mais uma obra de grande importância e numa comunidade que realmente precisa”, disse Léo de Brito. “É realmente muito bom estarmos aqui comemorando este momento”, completou a Doutora Juliana.
URAP realizará importante atendimento na parte alta da cidade
O secretário Municipal de Saúde, Oteniel Almeida, explica que a nova URAP vai funcionar no mesmo regime das demais que existem atualmente: das 7 da manhã até às 19 horas e abrindo também aos sábados até às 13 horas. “As diferenças das URAPS para as demais unidades, como o Programa de Saúde da Família – PSF e Centros de Saúde, são o horário estendido e as especialidades médicas, como pediatria e ginecologia”, explicou o gestor. A nova URAP São Francisco contará, quando concluída, com espaço de embarque e desembarque de ambulâncias, e ambientes como circulação coberta; recepção com capacidade para 24 pessoas sentadas e uma sala de espera para consulta com capacidade para 28 pessoas sentadas;  administração, almoxarifado;  6 consultórios odontológicos; farmácia; 6 consultórios médicos; consultório para três equipes; sala de atividades coletivas; coleta/procedimentos; imunização; sala para agentes comunitários; observação; vacina; estocagem de medicamentos; expurgo; copa; DML; sanitários M/F acessíveis; vestiário M/F; acessibilidade; estacionamento com piso sextavado com 13 vagas de estacionamento inclusive para idosos e pessoa com deficiência. “Será um dos prédios mais bonitos do Eldorado”, elogiou Zé Roberto da COOPSERGE, liderança naquela regional.

Leo de Brito vistoria obras realizadas com emendas de sua autoria

Na manhã desta sexta-feira, 8, o deputado federal Leo de Brito e o secretária de Esporte e Lazer de Rio Branco, Afrânio Moura visitaram a obra que é realizada pela prefeitura de Rio Branco na praça do bairro Xavier Maia. A reforma do espaço é executada graças a uma parcela de emenda parlamentar destinada pelo deputado para reforma, ampliação e construção de espaços de esporte e lazer, em Rio Branco.

O valor total da emenda é de R$ 1 milhão e vai contemplar os bairros: Cadeia Velha, Pedro Roseno, Conjunto Esperança III e Santa Inês. A outra será investida na reforma e ampliação de praças, áreas de esporte e lazer nos bairros Adalberto Sena, Mascarenhas de Moraes, Xavier Maia, Vitória e Bela Vista.

“Andando nessas comunidades e conversando com a população percebi o quanto era importante a construção e reforma desses espaços para o bom convívio em comunidade. O prefeito Marcus Alexandre também demonstrou preocupação com essa reivindicação da população, e resolvemos unir esforços. O esporte, a cultura e a juventude são bandeiras que trato como prioridade no meu mandato e garantir que a população tenha acesso livre a tudo isso é um compromisso que assumi em campanha, e que dia a dia tenho lutado para cumprir”, frisou o parlamentar.
Para o secretário de Esportes e Lazer, de Rio Branco, professor Afrânio Moura o empenho dos parlamentares beneficia diretamente a população. “O nosso sentimento é de gratidão ao deputado Leo de Brito, que tem sido um grande parceiro da prefeitura, acompanhando a política municipal de promoção do esporte. Essas emendas contemplam várias necessidades e só quem ganha é a população”, disse.⁠⁠⁠⁠

Leo de Brito e comitiva realizam visita técnica à obra da ponte sobre o Rio Madeira

Representando a Comissão da Fiscalização Financeira e Controle (CFFC), da Câmara Federal, o deputado federal Leo de Brito, acompanhado do coordenador de engenharia do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Daniel Lacerda o superintendente regional do Dnit, Sérgio Mamanny, do vereador de Rio Branco, Rodrigo Forneck, presidente da Comissão de Orçamento, Finança e Fiscalização, da Câmara de Vereadores, realizou visita técnica as obras da ponte sobre o Rio Madeira, nesta segunda-feira, 4.

Em agosto, a seca do manacial chegou a marcar 9, 61 metros, quando o normal é 15 metros. Preocupado com as consequências da estiagem, e com a possibilidade de haver desabastecimento no Acre, Leo de Brito requeriu a CFFC que fizesse uma visita técnica a fim de fiscalizar e acompanhar o andamento das obras.

“Enquanto presidente da CFFC estive aqui no canteiro de obras algumas vezes, sempre acompanhando de perto o andamento do processo. A obra teve inicio ainda no governo da presidenta Dilma, que entendia que essa obra representa o grande sonho da integração para os acreanos”, explicou o parlamentar.

A obra que vai interligar o Acre a Rondônia é uma das mais esperadas pela população dos dois estados. Atualmente a travessia é feita por meio de balsa, o que dificulta o acesso em caso de enchente ou seca do Rio Madeira.

 

Sobre a obra

As obras tiveram inicio em fevereiro de 2015, e de acordo com informações do Dnit a cheia retardou o andamento de parte dos serviços, o que acabou atrasando o cronograma. O orçamento total passou por reajustes e atualmente chega a R$ 148 milhões.

Segundo, Sérgio Mamanny mais de R$ 100 milhões estão empenhados para esse ano ainda. “Em março o governo federal empenhou R$ 101.696.000,00 milhões e estamos aguardando que esse recurso seja liberado. Quase 57% da obra está concluída e a nossa expectativa é que chegue até 70% até o final do ano”, explicou.

Após a visita técnica, representantes da empresa responsável pela execução da obra realizaram uma apresentação para mostrar os dados atuais referentes a construção. A equipe técnica apresentou ao deputado a preocupação com os acessos à ponte. Segundo a empresa, após da cheia de 2015 houve uma modificação no projeto no que diz respeito ao acesso. A recomendação é que ele seja elevado mas o projeto inicial previa outra alternativa.

“Isso é uma preocupação para todos nós porque a ponte pode ficar pronta e inacessível. A CFFC é uma comissão que tem esse trabalho de cobrar, acompanhar e fiscalizar. Precisamos pressionar o Dnit, que é o responsável pela obra, para que encontrem uma solução para esse problema do acesso e pressionar o governo federal também porque pode haver necessidade que mais recursos sejam injetados na construção”, esclareceu de Brito.

Léo de Brito e Jorge Viana, liberam recursos para ações de Saúde em Rio Branco

Rio Branco já tem garantidos R$ 2,5 milhões para ações de saúde. A notícia de ordem bancária foi dada ao prefeito Marcus, nesta terça-feira, 29, em Brasília. Os recursos são oriundos de emenda parlamentar do deputado Léo e Brito e do senador Jorge Viana. O repasse via Ministério da Saúde será feito na modalidade Fundo a Fundo.

Do total de recurso liberado, R$1,5 milhão de emendas do deputado federal Léo de Brito, R$ 500 mil, serão aplicados no programa Quero a Vida. Executado pelas secretaria de Saúde (SEMSA) e secretaria da Juventude (SEJUV), o Quero a Vida contempla ações de promoção da saúde e prevenção de doenças em jovens e adolescentes. O restante, R$ 1 milhão será utilizado para custeio e manutenção do Centro de Apoio ao Autista que será implantado pela Prefeitura no Centro de Saúde Barral Y Barral. A ação conta com a parceria da Família Azul e da Associação de Amigos e Pais de Autistas do Acre.

O restante, R$ 1 milhão oriundo de emendas do senador Jorge Viana serão investidos na compra de medicamentos, material médico hospitalar, exames laboratoriais e programas de apoio à formação do servido

Leo de Brito participa de visita de representantes da ONU e Ministério da Saúde, a Natex

Com intuito de fortalecer e expandir a produção e comercialização da Fábrica de Preservativos Natex, o governador Tião Viana tem buscado consolidar novas parcerias. Na última semana, uma comitiva composta por representantes do Fundo de Populações das Nações Unidas (UFNPA/ONU) e do Ministério da Saúde (MS) estiveram na indústria para prospectar negócios. A cooperação entre as instituições e a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac) prevê a inclusão da Natex no catálogo da UFNPA que distribui preservativos para outros países.

A fábrica, localizada em Xapuri, seria a primeira da América do Sul em preservativos masculinos a compor a lista referendada pela ONU. O deputado federal, Leo de Brito e o prefeito de Xapuri, Bira Vasconcelo tambem acompanharam a visita da comissão a cidade que formada por um farmacêutico, engenheiro mecânico e químico.

“Logo após a primeira visita da UFNPA/ONU, nós enviamos todos os documentos da gestão da qualidade para uma tradução juramentada, que foi financiada por eles. Esse novo encontro é para que a equipe nos aponte os ajustes que precisamos fazer para que possamos ser certificados”, explica a diretora técnica da Funtac e Natex, Silvia Basso.

A negociação conta com apoio do Ministério da Saúde. “Nós temos apoiado essas iniciativas de internacionalização da produção dos laboratórios oficiais brasileiros, pois compreendemos que esses empreendimentos precisam de uma escala mínima para operar de forma eficiente”, ressaltou o assessor do Departamento do Complexo Industrial em Inovação e Saúde do MS, Flávio Gonçalves.

Segundo o analista da UFNPA, Bill Poter, o empreendimento chama atenção. “É a primeira vez que vejo uma integração completa até o produto final. Estou muito impressionado pela fábrica prover suporte à comunidade local. Gerando não apenas empregos para trabalhar na indústria, mas também para as pessoas que colhem o látex na floresta”, afirmou.

Responsável pelo fornecimento de 15% dos preservativos distribuídos pelo MS, a Natex é a única fábrica do mundo, nesse segmento, que utiliza em seu processo industrial borracha nativa como matéria-prima, garantindo assim a manutenção da floresta, ao mesmo tempo em que gera renda, emprego e qualidade para as famílias de extrativistas da região.

A indústria, que gera mais de 120 empregos diretos, possui 700 famílias cadastradas e envolvidas na venda do látex à fábrica. Com a certificação da UNFPA, a Natex visa ampliar sua escala de produção, o que vai refletir no aumento da renda dos extrativistas.

“Essa parceria vai garantir a continuidade da política de base ambiental, econômica e social do nosso estado”, salientou o diretor-presidente da Funtac, Carlos Barbosa.

UFNPA/ONU

O Fundo de População das Nações Unidas é a agência de desenvolvimento internacional da ONU que trata de questões populacionais, sendo responsável por ampliar as possibilidades de mulheres e jovens levarem uma vida sexual e reprodutiva saudável.

Atua para acelerar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva, incluindo o planejamento familiar voluntário e a maternidade segura; e busca a efetivação dos direitos e oportunidades para as pessoas jovens.
Reinserção pelo trabalho

“Este empreendimento é diferenciado, pois além de tratar das questões da saúde pública, nós estamos falando aqui de benefícios sociais para as famílias que garantem sua renda daqui; benefícios econômicos e ao mesmo tempo em preservação do meio ambiente, em um momento de mudanças climáticas. O Acre é um grande exemplo. Esta fábrica é um grande exemplo e nós queremos que ela seja a primeira na América do Sul a ser certificada pela UNFPA”, Leo de Brito – deputado federal.

“A Natex tem um papel importante na vida dos xapurienses e na história de luta de preservação ambiental do Acre. Portanto, toda parceria que venha para fortalecer esse empreendimento é muito bem-vinda, pois a fábrica é responsável pela melhoria da qualidade de vida dos extrativistas”, Raimundo Mendes, conhecido como Raimundão, seringueiro.

“Vejo a Natex como um projeto dos mais completos na questão do desenvolvimento sustentável, pois os empregos gerados atendem as populações da floresta e da cidade. São quase 150 famílias trabalham diretamente na fábrica. Para um município como Xapuri, que vive um momento delicado, essa geração de emprego é fundamental”, Bira Vasconcelos.

fonte: Notícias do Acre

“A Eletrobras é um patrimônio do povo brasileiro” disse Leo de Brito

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara se revezaram na tribuna nesta quarta-feira (23) para criticar a decisão do governo golpista de Temer em privatizar a Eletrobras, estatal estratégica para o setor energético do País. “Lamentavelmente, esse governo quer destruir um modelo vitorioso, que fez este País continental promover a universalização da energia, o acesso à energia como um direito do povo brasileiro. A energia está barata, sim, porque são 47 mil megawatts controlados pela Eletrobras”, afirmou o deputado Pedro Uczai (PT-SC).

Na avaliação de deputado do PT catarinense, Temer quer destruir o modelo vitorioso da modicidade tarifária, que permite o menor preço para o consumidor. “É por causa do modelo da modicidade tarifária — modelo vitorioso desde 2004 — que os leilões são pelo menor preço. E esse governo golpista quer destruir também a garantia do fornecimento de energia ao povo brasileiro. Não é possível que uma família ou uma empresa fiquem no escuro, sem luz”, protestou.

O deputado Leo de Brito (PT-AC) destacou o trabalho feito pelos governos Lula e Dilma para fortalecer e integrar o sistema elétrico brasileiro. “Houve programas importantes, que foram fortalecidos pelo Ministério das Minas e Energia e pela Eletrobras, como o programa Luz para Todos, que foi um dos programas revolucionários do governo Lula e beneficiou os 27 estados da Federação” citou.

E agora, lamentou Leo de Brito, o governo vem com essa proposta de privatização. “A Eletrobras é um patrimônio do povo brasileiro. E nós sabemos quais serão as consequências dessa privatização. Há exemplos de operadoras de sistema elétrico que, como no caso do Pará, tiveram 200% de aumento da tarifa acima da inflação. Então, quem vai pagar mais é o usuário”, criticou.

Para o deputado Leonardo Monteiro (PT-MG) trata-se, mais uma vez, de uma proposta do governo golpista para aumentar a pauta da maldade contra o povo brasileiro. “Há uma sequência de golpes acontecendo neste País. Nós tivemos a PEC 55, aprovada aqui neste plenário sem o nosso voto. O nosso País vai ficar 20 anos sem ter investimento na educação e na saúde. Depois, tivemos a Reforma Trabalhista e a proposta de Reforma da Previdência, que é um absurdo! Então, é uma sequência. E agora, a proposta de privatização da Eletrobras, temos que resistir”, defendeu.

Desmonte – O deputado Waldenor Pereira (PT-BA), ao falar do desmonte do governo Temer, fez uma comparação entre os projetos políticos do PT e dos golpistas. “O governo Lula, em 2004, decidiu pela implantação do programa Luz Para Todos, para atender cerca de 13 milhões de brasileiros que viviam na zona rural e não tinham acesso à energia elétrica, enquanto o governo ilegítimo quer entregar um setor estratégico como o da energia para a iniciativa privada. Deixo aqui o nosso protesto contra mais essa iniciativa perversa e maldosa do governo ilegítimo de Michel Temer”.

Na avaliação do deputado Nelson Pelegrino (PT-BA), é um absurdo a proposta de privatização da Eletrobras. “As privatizações no passado já demonstraram ser totalmente desastrosas. O que nós tivemos foi um aumento das tarifas, a desregulamentação e desproteção do consumidor”, alertou. O setor de energia, enfatizou Pelegrino, é estratégico. “Nenhum País abre mão dele. Já se fala, inclusive, que o ato seguinte também seria privatizar a Petrobras, o que é mais grave”, reforçou.

O deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) também criticou a agenda desastrosa e entreguista do governo Temer e reforçou que “nenhum País abre mão de ser o gerente, o planejador, o estimulador do setor elétrico”. E alertou: “Se isso se concretizar, podem ter certeza de uma coisa: é o povo brasileiro que vai pagar a conta. As tarifas diferenciadas acabarão para as famílias de baixo consumo, para os pobres. A tarifa vai virar única e exclusivamente algo como uma mercadoria para se obter o lucro em cima dos trabalhadores e das trabalhadoras, do pequeno comércio, da pequena empresa”.

PT na Câmara